Agregando valor em ambientes digitais corporativos – Colaboração e a visão do todo (última parte)


Com este último post da série, vamos dar conta da palavra da moda: “colaboração“. De certa forma, é também a “última fronteira”, o mais novo e menos explorado dos três grandes pilares de agregação de valor em um portal.

O que poucas pessoas percebem, em função do hype em torno da idéia de colaboração mediada por tecnologia, é que a idéia em si perde muito da sua força se não for associada a uma visão estruturada e integrada de uso e reuso dos conteúdos.

Tecnologia (Integração), Conteúdo e Colaboração

No círculo da colaboração, como se vê acima, cabem a localização de especialistas, a aproximação de talentos e a troca de conhecimento tácito. Mas o pulo do gato está na fronteira com o círculo da gestão de conteúdo, onde moram a aprendizagem organizacional, a gestão do conhecimento e a inovação.

Esse é um dos motivos, por exemplo, do sucesso da web 2.0 (e, em seguida, da sua aplicação na corporação, sob o nome de Enterprise 2.0): wiki é conteúdo ou colaboração? E blog? São as duas coisas ao mesmo tempo… daí a sua força.

Já a fronteira com a tecnologia tem as tradicionais ferramentas de fórum, mas agora incorporam a irmã mais nova das yellow pages, que são as redes sociais. E mais as outras ferramentas que acabei de citar (e que, verdadeiramente, ficariam melhor no centro do que aqui, mas serve para os nossos fins didáticos, por assim dizer).

Podemos, inclusive, pensar a veia da Tecnologia, com seu apelo forte em integração e acesso a legados, como um tipo diferente de acesso a conteúdos – aqueles que já foram sistematizados e encontram-se nos demais sistemas da organização.

É incrível ver como a colaboração ainda é um terreno a desbravar, por mais que a vocação revolucionária dos ambientes digitais (iniciando com a internet) venha justamente daí.

OLHANDO O TODO

O fato é que, no diagrama acima, o poder total está mesmo no centro superposto dos três círculos. Conhecimento passado e presente em profusão, orquestrado, sem deixar de ser emergente, à disposição da organização e do trabalhador do conhecimento.

Essa é a meta maior de uma intranet avançada ou de um portal corporativo. Essas são as principais proposições únicas de valor de um ambiente como este – algo que nenhum outro sistema faz pela organização.

Em tempo: é justamente atrás de ambientes assim que nós estamos, ao criarmos o Prêmio Intranet Portal. E, como sabemos também que alcançar um estágio maduro depende de uma escalada evolutiva, criamos categorias de premiação para quem se destaca em cada um dos três pilares (Integração em TI, Conteúdo ou Colaboração), além daqueles que estão avançados em Enterprise 2.0 (uso da web 2.0 no contexto digital corporativo).

Anúncios

4 thoughts on “Agregando valor em ambientes digitais corporativos – Colaboração e a visão do todo (última parte)

  1. Pingback: Os números de 2010 « Intra 2.0

  2. Olá! Senti falta do aspecto GESTÃO, muito bem lembrado pelo comentário de Sérgio Storch. Para mim, este é o maior gargalo para alavancar a colaboração interna, que pode – e muito – ser auxiliada pela tecnologia.

    Sobre este assunto, venho escrevendo há um ano em bazedral.blogspot.com, compartilhando experiências e descobertas e traçando também um paralelo com o mundo do software livre.

    Abraço
    Serge

  3. Ricardo
    Interessante você ter deixado na Colaboração, fora da interseção com conteúdo e tecnologia, os aspectos de troca de conhecimentos tácitos, integração de pessoas e participação emergente. Acho que é isso mesmo, mas gostaria de destacar uma impressão que tive ao refletir sobre o diagrama: esses aspectos da colaboração, mesmo estando fora da interseção, são “enablers” para que as interseções aconteçam. Por exemplo, creio que o trabalho de gestão de mudança cultural requerido para dinamizar a emergência nas redes sociais é imprescindível para que o portal aconteça de fato.
    Ou seja, vejo o desenvolvimento de mediadores do conhecimento (“knowledge brokers”) como fator crítico para que o trinômio PCC aconteça. Vamos aprofundar essa questão? Você me deu o principal gancho para inaugurar meu blog!!!

    Um abraço
    Sérgio Storch
    um dos aspectos

  4. Pingback: Uma ótima visão sobre as funções de um portal corporativo « M.Y.GC

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s