Campus Party – a bolha


Tem gente que não acredita na existência de uma máquina do tempo – mas certamente são os que não foram no Campus Party.

Ontem estive lá, no futuro. Onde a internet é onipresente e de altíssima velocidade. Onde a emergência não é um conceito e transborda para as relações pessoais, intrincadas de forma indissociável com o encontro no cyberespaço. Uma viagem.

Portanto, mais do que os nerds, geeks e suas máquinas turbinadas, o que me chamou a atenção foi ver, ali, tangível, debaixo do nariz, que o mundo vai mesmo mudar MUUUITO nos próximos 10 a 20 anos. Mais do que ver a evangelização do papa do software livre, valeu respirar aquele ar, uma atmosfera de outro planeta, como se estivéssemos em Plutão.

Mas o must mesmo foi ver o Steven Johnson (tentar) falar, competindo com um stand de jogos, logo ao lado, onde a galera comemorava cada golpe da disputa no bom e velho Street Fighter. Não foi tanto pelo que ele falou. Mas pela presença mesmo – essas coisas que só quem é fã de alguma coisa sabe o que é. Comprei o novo livro dele (“De cabeça aberta”, lançado ontem em terras tupiniquins, pela Zahar) e entrei na fila do autógrafo. Hoje sou uma criança mais feliz, com o troféu debaixo do braço, que, por sinal, já comecei a ler ontem mesmo e vou devorar já, já, no vôo para o Rio (escrevo de Congonhas, embarco em 15 minutos).

Enfim… quem vive o mundo das corporações, como eu, sabe que 95% ou mais ainda vivem no totalmente na lógica “comando & controle”, anos luz do Campus Party. E sabe das forças do mercado, da grana que o status quo tem para jogar nessa luta contra o novo. Mas eu saí com a sensação de que vou olhar para este post, em 2020, e vou pensar: “caramba, olha como era diferente…”. Mal comparando, o que acontece hoje quando lembro que, no início da década de 80, só havia uma loja de computadores na Av. Rio Branco, no Rio – a Clappy -, para onde eu ia, depois do dentista, babar na vitrine, olhando aqueles portentosos CP 500…

É, estou ficando velho… e o velho mundo também, cada vez mais. Que bom! :o)

Anúncios

One thought on “Campus Party – a bolha

  1. como eu disse…. forever nerd!
    😉

    RESPOSTA: Sai fora! Nem nerd, nem geek! Prefiro me ver como uma pessoa antenada no novo – como vc, amiga!

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s